França | Paris Museum Pass vale a pena?

No post “Quando for a Paris não deixe de…” que a Ana postou há um tempo atrás, o primeiro item é sobre o Paris Museum Pass (informações aqui). Nesse post vou trazer mais detalhes do porque ele vale muito a pena quando você for a Paris.

Paris Museum Pass

Paris Museum Pass

O que é Paris Museum Pass?

É um passe que você pode utilizar por 2, 4 ou 6 dias consecutivos e nele está incluído praticamente tudo que você precisa visitar em Paris. Além disso, você pode “furar fila” em algumas das atrações. Outra vantagem é que você pode repetir as atrações quantas vezes quiser (dentro da validade do seu passe, é claro). Ele pode ser encontrado no site oficial do turismo de Paris, em quiosques e bancas de jornal espalhadas pela cidade e em escritórios de turismo.

Como funciona?

Usar o passe é bem simples: na hora da compra, você escolhe se quer o passe de 2, 4 ou 6 dias e anota no verso a data que você vai fazer o primeiro uso e eles vão conferir, em cada atração, se o seu passe ainda está dentro da validade – tudo baseado no primeiro uso. Por isso, atenção: não erre ou rasure a data pois eles podem recusar o passe se desconfiarem que você alterou a data do primeiro uso.

O que está incluído?

No site oficial tem um mapa com todas as atrações que estão incluídas no seu passe e a lista de todas as atrações. Vale também falar que o o próprio passe é tipo um livrinho com todas as atrações que estão incluídas e informações necessárias sobre cada uma delas, e isso é ótimo porque você fica com a lista sempre a mão.

Algumas atrações que estão incluídas:

Museu do Louvre

Museu do Louvre

Museu d'Orsay

Museu d’Orsay

Sainte-Chapelle

Sainte-Chapelle

Pantheon

Pantheon

Vale a pena?

Isso vai depender do tempo da sua viagem, de quantas atrações você deseja conhecer, etc. Nas duas vezes que fomos a Paris, nós compramos o passe e valeu muito a pena. Você precisa fazer uma conta bem simples, veja a seguir.

Baseado nas atrações que visitamos em nossas duas viagens a Paris seria a seguinte conta:

  • Museu do Louvre – 15 euros;
  • Arco do Triunfo – 8 euros;
  • Museu d’Orsay – 12 euros;
  • Museu l’Orangerie – 9 euros;
  • Palácio de Versailles – 15 euros;
  • Pantheon – 7 euros;
  • Museu Quai Branly – 9 euros;
  • Sainte-Chapelle – 10 euros.
  • Total = 85 euros

Devo ressaltar que essa lista não inclui tudo que visitamos, apenas as atrações mais famosas e visitadas. E, mesmo considerando apenas essas atrações, comprando o passe de 4 dias por 62 euros, já há uma economia de 23 euros e de muito tempo não gasto em longas filas.

Outro motivo que me faz pensar que vale muito a pena é que com o passe você acaba indo em mais museus e atrações. Afinal, uma vez com o passe na mão, você aproveitará para visitar tudo que está incluído sem gastar nada a mais e ainda gastando menos tempo por conta de furar algumas filas.

Então, nossa dica é: compre logo seu Paris Museum Pass e aproveite tudo que a Cidade Luz tem para oferecer.

Boa viagem!

  • Bruna Ferraz

    E vale lembrar que se você tem até 27 anos idade e reside na Europa é possível entrar em diversas atrações de graça usando só a id 🙂

    • Diogo Lima de Moura

      Muito bem lembrado Bruna, vou adicionar uma observação no post sobre isso!

      Valeu pela dica!